Baterias de Escolas de Samba de Florianópolis

Baterias de Escolas de Samba de Florianópolis

Faça sua reserva

Quando chega o Carnaval, elas marcam presença nas avenidas e passarelas do Brasil para animar os foliões: as Baterias de Escolas de Samba*. Em Florianópolis não é diferente e contamos com cinco baterias de escolas de samba que desfilam na cidade anualmente, trazendo ritmo e harmonia para a Passarela Nego Quirido. Conheça quais são elas:

Unidos da Coloninha
Sociedade Recreativa e Cultural Unidos da Coloninha

Em 1962 surgiu um bloco de Carnaval que inspirou a criação da Unidos da Coloninha na região continental de Florianópolis, aonde fica a sede da escola. A bateria “Batucada da Unidos” é comandada pelo Mestre Du e seus diretores desde 2008.

Comunidades de Florianópolis que compõem a bateria: Coloninha, Monte Cristo, Jardim Atlântico, Estreito, Barreiros e Bela Vista.

Consulado
Grêmio Recreativo Escola de Samba Consulado

A Consulado do Samba foi fundada em 1986 e começou como um bloco, entrando para a história com a conquista da disputa de dez desfiles da cidade. A “Bateria Ordinária” da Consulado é comandada pelo Mestre Alysson - o “Biscoito” e seus diretores. 

Comunidades de Florianópolis que compõem a bateria: Saco dos Limões e Caieira.

Embaixada Copa Lord
Sociedade Recreativa Cultural e Samba Embaixada Copa Lord

Criada em 1955 na comunidade Morro da Caixa, traz como um dos seus fundadores o Nego Quirido, apelido do sambista que deu nome à passarela dos desfiles de Florianópolis. A bateria “Guerreira” da Copa Lord é comandada atualmente pelo Mestre Duda e seus diretores. 

Comunidades de Florianópolis que compõem a bateria: Morro da Caixa, do Pastinho, da Nova Descoberta e do “asfalto”, como chamam os agregados de outras comunidades, que não habitam nos morros.

União da Ilha da Magia - UIM
Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba União da Ilha da Magia

A União da Ilha da Magia surgiu em 1998 de uma bateria show, que mais tarde se tornou um bloco carnavalesco e em 2008 foi elevada à categoria de escola de samba. A “Tribuzana do Ritmo” - como é conhecida a bateria da UIM, foi comandada pelo Mestre Dé e seus diretores até 2014. Desde então, é o mestre Victor Marquez Motta - o “Vitinho”, o responsável pela bateria da escola.

Comunidades de Florianópolis que compõem a bateria: Lagoa da Conceição, Barra da Lagoa, Rio Tavares, Canto da Lagoa, Campeche e outras regiões da cidade.

Protegidos da Princesa
Grêmio Cultural Esportivo e Recreativo Escola de Samba Os Protegidos da Princesa

A primeira Escola de Samba de Florianópolis foi fundada em 1948 na comunidade do Morro do Mocotó. Sua bateria, a “Furiosa de Floripa” é comandada pelo Mestre Marcelo e seus diretores desde 2008. Foi campeã em 2014 e 2015, depois do bicampeonato de 2001/2002.

Comunidades que compõem a bateria: Maciço do Morro da Cruz, da Queimada, da Mariquinha, da Nova Trento, do Morro do Céu e do Morro do 25.

Fonte: Ritmos e Batucadas, escrito por André Felipe Marcelino.

* Uma bateria de escola de samba é composta pelos instrumentos: Surdo de primeira, Surdo de segunda, surdo de terceira, caixa de guerra, repique, chocalho, tamborim, cuíca, agogô, reco-reco, pandeiro e prato. Há variações na composição, podendo entrar mais músicos de um tipo de instrumento e ser retirado algum outro, dependendo da característica sonora de cada bateria de escola de samba.

***

A Bateria da Escola de Samba Protegidos da Princesa marcará presença no Carnaval do Costão do Santinho. A programação também contará com show do cantor Dudu Nobre, Festa da Gafieira com aula da dança, feijoada com samba da velha guarda, matinê, workshop de percussão e muito mais. Tudo com a comodidade do VIP Inclusive, opção de aéreo fretado saindo de Guarulhos e 19% de desconto no valor da hospedagem. Garanta a sua reserva aqui.

Pacotes